De namoro conselhos

Namoro e Paranoias

2020.10.28 04:25 willfe92 Namoro e Paranoias

No inicio da pandemia, eu e minha família estávamos com muito medo e começamos o isolamento do dia pra noite. Eu tinha uma vida agitada com minha namorada, mas com o medo, acabou que eu impus uma restrição de se ver e no fim não conversamos como seria ou sei lá - so aconteceu e não nos vimos por vários meses.
Aconteceu que a pandemia durou muito mais que o esperado e acabamos nos distanciando, inclusive no whatsapp, muito por falta de novidade do dia dia, dos planos pro final de semana, etc
(durante a pandemia minha vida parou, não estudava, não lia, não fazia nada - apenas trabalha e jogava no computador, fiquei viciado no jogo - tanto que quando a vida voltou ao 'normal, usava a pandemia de desculpa pra pode jogar) .
Há umas 3 semanas voltamos a nos ver, ela veio conversar comigo e falou que, como estávamos nos distanciando, ela já estava preparada caso eu terminasse o namoro e tal.
Na mesma conversa, ela falou que me sentia triste e com zero vontade de tudo, o que era real.. estava so vivendo. Ela falou que eu precisava fazer algo, voltar ao normal, falou sobre trabalho (não curto o meu e quero mudar, porém estou um pouco acomodado), que precisamos focar no nosso futuro.
Eu não sei o que houve, mas esse papo entrou na minha cabeça de tal maneira que não sei explicar.
So sei que apenas penso que preciso fazer algo, estudar, arrumar um novo emprego, etc por que senão ela vai terminar comigo. Na minha cabeça, ela não terminou comigo ainda por que estava próximo do meu aniversário.
Apenas sei que a todo momento eu acho que ela quer terminar comigo. que ela não gosta mais de mim ou sl. Estou tento crises de choro no meio do dia, eu não sei o que fazer.
Parece que estou tendo crises de ansiedade, quero um emprego novo pra ontem, quero ter papo no WhatsApp com ela todo momento, etc.
Não sei se ter uma conversa com ela é boa ideia! Como falaria isso? "estou com medo de você terminar comigo": "você ainda gosta de mim."
PS.: procurei um psicólogo, mas as sessões estão marcadas pra semana que vem.
Estou tendo dificuldade de dormir, de comer, etc... Preciso de algum conselho ou sei lá.
Se precisar de mais detalhes, só comentar
submitted by willfe92 to relacionamentos [link] [comments]


2020.10.28 04:00 willfe92 NAMORO E PARANOIAS

No inicio da pandemia, eu e minha família estávamos com muito medo e começamos o isolamento do dia pra noite. Eu tinha uma vida agitada com minha namorada, mas com o medo, acabou que eu impus uma restrição de se ver e no fim não conversamos como seria ou sei lá - so aconteceu e não nos vimos por vários meses.
Aconteceu que a pandemia durou muito mais que o esperado e acabamos nos distanciando, inclusive no whatsapp, muito por falta de novidade do dia dia, dos planos pro final de semana, etc
(durante a pandemia minha vida parou, não estudava, não lia, não fazia nada - apenas trabalha e jogava no computador, fiquei viciado no jogo - tanto que quando a vida voltou ao 'normal, usava a pandemia de desculpa pra pode jogar) .
Há umas 3 semanas voltamos a nos ver, ela veio conversar comigo e falou que, como estávamos nos distanciando, ela já estava preparada caso eu terminasse o namoro e tal.
Na mesma conversa, ela falou que me sentia triste e com zero vontade de tudo, o que era real.. estava so vivendo. Ela falou que eu precisava fazer algo, voltar ao normal, falou sobre trabalho (não curto o meu e quero mudar, porém estou um pouco acomodado), que precisamos focar no nosso futuro.
Eu não sei o que houve, mas esse papo entrou na minha cabeça de tal maneira que não sei explicar.
So sei que apenas penso que preciso fazer algo, estudar, arrumar um novo emprego, etc por que senão ela vai terminar comigo. Na minha cabeça, ela não terminou comigo ainda por que estava próximo do meu aniversário.
Apenas sei que a todo momento eu acho que ela quer terminar comigo. que ela não gosta mais de mim ou sl. Estou tento crises de choro no meio do dia, eu não sei o que fazer.
Parece que estou tendo crises de ansiedade, quero um emprego novo pra ontem, quero ter papo no WhatsApp com ela todo momento, etc.
Não sei se ter uma conversa com ela é boa ideia! Como falaria isso? "estou com medo de você terminar comigo": "você ainda gosta de mim?"
PS.: procurei um psicólogo, mas as sessões estão marcadas pra semana que vem.
Estou tendo dificuldade de dormir, de comer, etc... Preciso de algum conselho ou sei lá.
Se precisar de mais detalhes, só comentar
submitted by willfe92 to desabafos [link] [comments]


2020.10.26 04:17 Clear_Associate_2425 Apaixonado por uma garota e sem saber o que fazer

Eu sempre fui aquele tipo de garoto afeminado e que sofreu bullying por isso. Eu me lembro da minha paixonite por um garoto aos 6 anos. Com 8 anos meus colegas de escola já tinham começado a me taxar de bichinha, viadinho e um bando de outros insultos parecidos, e meu pai tentou me chutar de casa aos 16 anos depois que descobriu do meu namoro com um outro menino e só não fez isso pq a minha mãe interferiu e conseguiu impedir isso. Meu avô sempre "sugeria" que eu tinha que largar de viadagen e virar um homem de verdade. Enfim eu sempre me identifiquei como um cara gay e basta dizer que tb sofri um bocado por isso.
Então esse ano, eu conheci uma garota na faculdade. Eu nunca liguei pra mulher nesse sentido antes e nunca imaginei que ia ligar, mas tudo que eu ando conseguindo pensar é nela. Ela é tao incrível e doce, a gente se entende tão perfeitamente e a conexão rolou praticamente na hora. A gente trocou número de celular e desde então não consigo me afastar dela. Nós nos falamos todo dia e conversamos sobre tudo. Eu e ela passamos hora conversando e eu sinto que ela me compreende tão bem.
No começo eu entrei em negação, mas não consigo mais. Eu quero beijar ela, eu quero namorar ela. Eu consigo me imaginar casando e tendo filhos com ela. E isso me confunde tanto, minha vida só me apaixonei e me senti atraído por caras. Mas eu legitimamente gosto dessa garota e não sei o que fazer. Ela é a tipo a única menina que me faz sentir desse jeito
Eu não sei o que fazer mesmo. Algué mas aqui já passou por algo assim ? Eu só quero um conselho. Minha cabeça tá uma completa confusão
submitted by Clear_Associate_2425 to desabafos [link] [comments]


2020.10.23 21:09 LuanVernut Vou abrir o coração: Sou mesmo um imbecil! DEUS!

Relato 100% verdadeiro, quero exorcizar esse fantasma da culpa de uma vez. Mesmo quando crescemos, em certos momentos o homem ainda é um garoto, e dessa vez o otário fui eu.
Conheci essa garota na faculdade, antes de trocar um Oi, os cabelos cacheados já tinham chamado minha atenção. Ela não era nenhuma TOP Model, mas para mim sempre linda. Resultado disso foi eu me aproximar e ficar amigo da tal garota.
Essa nossa amizade que evoluiu com o passar do tempo, logo passei a ir deixar ela em casa e depois passamos a frequentar a casa um do outro. Eu ficava muito à vontade com ela, riamos de tudo, conversávamos horas. Não é de espantar que logo eu tava doido por ela, mas sabe aquela sensação insegura? "Putz, se eu me afobar vou estragar tudo, temos uma amizade tão sincera." Eu fui MUITO BURRO!
O tempo foi passando, e aconteceu a seguinte situação. Estávamos no metrô, estávamos em pé, lado a lado e eu fiquei olhando ela pelo reflexo como um bom beta. Então ela olhou para meus olhos pelo reflexo também, ficou meio sem jeito. E isso fez nascer uma pulga atrás da minha orelha. "Será que ela também sente o mesmo que eu?"
Então fiz a pior besteira que alguém pode fazer nessa situação, fui pedir conselho a um amigo. Contei tudo e ele disse: "- Cara, você tá viajando, vai chegar todo emocionado e perder até amizade da menina, acho que ela só quer tua amizade e você tá fantasiando." Ok. Nos dias seguintes notei que a garota tava meio esquisita, como se quisesse dizer algo mas travasse, então um dia ela pede para descobrir o whatsapp de um colega meu, que ela queria conhecer melhor. "Hmmm é realmente, ela não tá afim de mim, e essa é a prova final, ufa quase eu estragava tudo." Passei o whatsapp do cara que eu mal conhecia. E tudo ficou bem.
Mas não acabou bem.
Meu sentimento não diminuiu e Acontece que aos poucos no decorrer de 1 mês, a vi se aproximando do rapaz e claro se distanciando de mim cada vez mais. Fui falar com uma amiga nossa que me recomendou afastar um pouco dela, dar espaço para eles dois. Fiquei puto com isso mas o que podia fazer? Então a treta final: Estava no parque com uns amigos a noite tocando um violão, e quem eu vejo lá? A garota, parecia triste. Isso é um detalhe que eu não disse, eu sempre a via triste depois que começou com esse rapaz, o problema é que eu me convencia que era eu que estava triste e projetava isso nela.
Mas não dessa vez, não sei se foi o vinho mas quando eu a vi na praça, pensei foda-se vou meter o louco. Se for de perder a amizade de todo jeito vou abrir o jogo. E é agora o desfecho dessa merda toda, sentei com ela a sós em um dos bancos, e toquei no violão "PRA SER SINCERO do Engenheiros do Hawaii" - Quando terminei disse: - Ray, eu toquei essa música para você porque sempre penso em você quando escuto, na verdade penso em você muitão porque... BLÁBLÁBLÁ." Soltei o verbo, disse tudo que eu podia para não deixar nada. Mas a cada frase que eu falava, e cada situação entre nós dois que eu relembrava para ela através de minha perspectiva a expressão dela ia mudando até que ela começou a chorar de verdade na minha frente. Chorar mesmo. Tentei acalmar ela com o "Tudo bem, sei que você quer minha amizade, desculpa se eu confundi tudo." Mas ela parou... olhou pra mim com o rosto todo vermelho e os olhos cheios de lágrimas (igual eu tô agora) e disse:
"E por que? Por que você só disse isso tudo agora? Por que fez isso agora?"
MOLEQUE Então ela começou a contar a versão dela de tudo que eu falei. A essa altura vocês já sacaram tudo né? Talvez até antes. Ela era afim de mim desde o começo. E o dia do whatsapp foi o teste final dela. "Se ele topar pegar o whatsapp do fulano significa que ele realmente não sente nada por mim." O rapaz do Whatsapp, tinha pedido ela em namoro depois de semanas ficando. E ela tinha dito sim. Para "comemorar", o cara bancou uma viagem para os dois. Vão passar sexta à domingo sozinhos na pousada da família dele. E eu aqui falando com vocês.
Se você leu meu lamento até aqui valeu. Mas olha eu tou mal por dentro demais! Sei mais nem o que fazer ou falar. Chega...
submitted by LuanVernut to desabafos [link] [comments]


2020.10.23 16:43 Auxoiseaux A incursão dos manos

Recentemente, um amigo começou a trabalhar e lá começou a flertar com uma garota. Ok! Recentemente outro amigo meu começou a namorar. Ok! Ja faz um outro tempo que outro de meu amigo está com amizades coloridas. Ok!
Eu não tenho nada a ver com seus namoros, mas uma situação incomoda apareceu. E quero mandá-los à merda.
Todo ano, meus amigos e eu combinamos de sair em algum lugar pra se divertir, seja um evento de anime, seja um parque etc. Mas esse ano, por alguma razão 3 dos caras de um grupo de 5 homens simplesmente decidiram levar mulheres por que sim.
O pior é que o outro solitário e eu não queremos quebrar a tradição levando garotas. O outro cara (M) e eu (L) reclamamos. Então os outros três disseram que éramos inflexíveis e arrogantes. Vão levar suas minas e nosso role anual foi ferrado por cause de betagem.
Edit1: somos amigos de muito tempo, não queremos desfazer a amizade. Edit2: todas as garotas são desconhecidas dps membros, nunca as vimos antes. Edit3: nosso passeio é uma tradição entre nós e queremos segui-lá como fazemos todos os anos.
Se alguem tiver algum conselho pra que eu possa convencê-los de não lvar as minas por favor, pode me passar?
Se alguem tiver um ponto de vista diferente ficarei honrado em ler.
E se alguem tiver em situação parecida me diga o que pensa. Obrigado pela leitura.
submitted by Auxoiseaux to desabafos [link] [comments]


2020.10.15 21:18 MysteriousEbb6666 me ajudem n sei oq fazer

bom, eu namoro a 1 ano e eu sai ra uma festa peguei uma amiga minha (ele n liga) mas eu nessa festa bebi dms a ponto de apagar na festa (fui mt irresponsável) e eu trai meu namorado, so q eu estava "inconsciente" e eu ainda bebi no copo de uma pessoa que estava no camarote, so q eu acho q fui drogada e se aproveitaram de mim, n me lembro de mt coisa ate pq eu estava mt mal, e aquele cara transou cmg... eu me senti violada. E eu n tenho coragem de dizer isso pro meu namorado, n quero perder ele, tenho medo de contar e ele n querer mais ficar cmg. Eu to mto mal em relação a isso e tento todos os dias n lembrar desse dia.. me ajudem pfv me deem conselhos
submitted by MysteriousEbb6666 to desabafos [link] [comments]


2020.10.11 06:38 MalalaBR Tenho uma família tóxica?

Oi, pessoal!
Essa é a minha primeira postagem no Reddit. Decidi criar um perfil depois de procurar por conselhos sobre minha situação no Google e achar uma ótima postagem nessa plataforma.
Enfim, quero desabafar e também quero conselho de quem possa me ajudar.
Eu estava escutando um podcast sobre relacionamentos tóxicos e fiquei refletindo: será que tenho familiares tóxicos?
Vou explicar pra vocês o que ando vivendo.
Estou namorando com um carinha faz mais de 2 anos, um amigo de infância. A gente chegou a terminar mas reatamos um ano depois. Foi um tempo bem difícil sem ele, pois nos damos bem em todos os aspectos.
O motivo do nosso término naquela época foi a minha família. Minha mãe simplesmente não aceita o relacionamento e fazia um inferno desde sempre. Na visão dela, o meu namorado não é o suficiente para mim.
Eu sou o orgulho da família: uma pessoa recém-formada em um curso "promissor" e esperando as coisas acalmarem (pandemia) para começar em um trabalho que tenho garantido. Mas mesmo assim, ela acha que vou "me perder" por conta desse namoro. Em parte eu entendo, pois ela casou cedo e engravidou muito nova (aos 16) e anos depois se divorciou. Mas eu não sou ela e não terei o mesmo destino: já tenho 22 anos, não penso em filhos e muito menos casar tão cedo (talvez seja um reflexo).
O meu namorado é vestibulando, pois se atrasou um pouco nos estudos por conta de questões familiares: ele não tinha apoio de ninguém. Eu entendo perfeitamente a situação em que ele está e enxergo todo o esforço dele para passar no curso dos sonhos. Tenho certeza de que ele conseguirá, pois estuda diariamente para isso.
Contudo, minha mãe não enxerga isso. Apenas vê uma parte dele: desempregado e vestibulando. Ela acha que ele é um vagabundo. Mas ele não é, pois ajuda o pai no trabalho sempre quando necessário e ganha alguns trocados.
Importante dizer que sou a mais velha dos filhos. E mais importante ainda dizer que o meu irmão mais novo jamais foi julgado como eu por estar com alguém que ama. E meu irmão não é bem um exemplo: não gosta de trabalhar, sempre teve um desempenho medíocre nos estudos e pede dinheiro a minha mãe sempre. Gosta de vida fácil. Já cheguei a pagar uma fatura do cartão de crédito dele porque ela me pediu. Já dá para entender que ela tem um favorito, né?
Esse desabafo vem depois de um episódio de uma piada de mal gosto e bem inconveniente: meu namorado estava aqui em casa (estou morando em uma cidade pequena com casos controlados da COVID) e eu me levantei para tomar um banho. Assim que saio do banheiro, meu irmão e minha mãe estão na sala de estar e começam a tirar onda da minha cara, perguntando de uma maneira jocosa se eu havia transado com ele (pois estávamos sozinhos por alguns instantes).
Eu não acreditei naquilo.
Respondi que não tinha dado liberdade a nenhum dos dois para me perguntar algo tão íntimo e sai da sala. Ao sair da sala, escuto minha mãe dizer que aquele assunto era de interesse dela. Rebati que não era, pois era pessoal. Ela respondeu dizendo que se algo acontecesse comigo, iria para as "costas dela". Ou seja, se eu engravidasse, ela quem iria ficar responsável por tudo.
Ledo engano. Eu faria de tudo, mas não pediria um centavo. Gosto da minha independência, estudei para isso. Só estou aqui, nesta cidade pequena onde ela mora, por conta da pandemia, mas logo mais voltarei para onde tenho um emprego na manga. E meu namorado com certeza não ficaria de braços cruzados, ele mesmo me disse que enxugaria gelo para sustentar um eventual filho.
Esse foi só um dos inúmeros episódios. Falar sobre todos daria um livro. Já fui chamada de tudo, menos de santa por manter e reatar esse relacionamento. Ela já passou duas semanas sem falar comigo por conta de uma briga que tivemos, e durante essa briga o meu aniversário passou em branco: não me desejou um simples parabéns. Enquanto isso, meu namorado fez de tudo para ser um dia especial, mas percebeu a minha tristeza naquele dia. Um verdadeiro inferno!
Desde que cheguei nessa cidade, para ficar com ela durante a pandemia, sofro com isso. Cada visita do meu namorado (que até evita vir aqui) é um sufoco.
Realmente não entendo esse comportamento. E não acho que sou uma adolescente que é cega pelo namorado, sei que sou nova, mas não tenho mais idade para ser tão boba. E não é a primeira vez: para ela, nenhum namorado meu era bom o suficiente.
Eu sinceramente acho que essa aparente preocupação da minha mãe vai bem além disso. Estou tentando levar ela ao psicólogo, mas ela se nega. Acho que ajudaria bastante para que ela enxergasse todos os comportamentos tóxicos não só comigo, mas com minha irmã mais nova (quem xinga e grita todo dia) e com o namorado dela também (que é feito de gato e sapato!). Ela realmente precisa de ajuda.
A minha utopia é de uma convivência pacífica: que meu namorado possa vir almoçar em família em um dia de domingo, participar de aniversários e churrascos, mas como falei, hoje isso é apenas uma utopia.
O que vocês me aconselham a fazer? A sinceridade é bem-vinda e agradeço a todos de bom coração!
submitted by MalalaBR to desabafos [link] [comments]


2020.10.10 06:03 SujeitoOculto Tenho namorada e comecei a me envolver com outra pessoa...

O título é a síntese do meu problema. Venho aqui invocar a sabedoria dos vossos redditors br.
Eu tenho 20 anos(machucado), recentemente me mudei pra outra cidade e nem tenho feito muitas coisas fora estudar pra faculdade, jogar videogame e sair esporadicamente. Resumidamente, fico em casa a maior parte do tempo.
O que ocorreu é que eu namoro há 1 ano já e quando eu me mudei, minha família começou a se envolver com a vizinhança e conheci a filha da vizinha. Até achei ela bonitinha porém é bem nova e tímida, comportamento essa que tomei sempre por mera introversão. Eu não cheguei a cogitar que ela tivesse algum interesse no início. Nunca tive muito contato com ela.
Tempo vai, tempo vem e dado momento, eu estava na varanda e elas estava aqui na frente de casa com uma amiga (minha casa é alta) e elas olharam pra mim. Fizeram uma cara q eu não sei descrever bem, mas diria que foi como uma parada analítica. Nesse momento eu vi o rosto da amiga dela e achei ela incrivelmente gata, fiquei encantado na hora.
Um tempo depois teve um churrasco aqui em casa e a mãe da vizinha estava, nisso foram chamar as filha da vizinha e arrastaram a amiga dela também. Elas ficaram meio reclusas num canto da casa(minha casa é muito grande) e eu tava assando a carne. Nisso eu aproveitei a situação pra naturalizar a abordagem, fui dar uma de anfitrião e as convidei para ficarem a vontade. Depois a gente conversou nós três e ficou nisso.
Noutra semana eu fui na vizinha, que tem um bar, e elas estavam lá. Quando cheguei elas estavam aparentemente falando de mim? Não é uma situação que estou acostumado. Nisso me chamaram pra ficar e conversar, comprei as bebidas, guardei em casa e voltei. Ficamos horas conversando esse dia e elas me contaram que estavam procurando por mim no Facebook e Instagram, fiquei meio??
Nisso eu peguei o número da amiga da vizinha, e aparentemente ela sabia que eu tenho namorada, até perguntou se não me daria problema. Na hora disse que não, que inclusive teria outras amigas,o que é verdade em partes porque minha namorada é ciumenta.
E a gente foi conversando pelo wpp, ela é dois anos mais nova, a conversa rendia e eu fui ficando meio na dúvida pois parecia que ela tinha interesse mas também estava me jogando para a amiga... Enfim, fui contextualizando e combinei com ela de sair algum dia ela topou na hora. A gente ainda não saiu mas é claro pra mim que eu tenho uma quedinha, acho ela incrivelmente linda, até os trejeitos dela me chamam atenção. Mas aí que tá, eu tenho namorada 🤦 e eu nem sei se pode acabar dando uma treta entre ela e a amiga se acontecer alguma coisa entre a gente. Eu sinto em mim uma força muito forte pra ir atrás dela, mas ao mesmo tempo sei do compromisso. Claro que pode ser nada também, talvez ela só esteja sendo amigável, não sei...
Eu não sei o que fazer, gostaria de conselhos.
submitted by SujeitoOculto to desabafos [link] [comments]


2020.10.08 23:51 seraollumor Acho que eu tô ficando carente!!?

Cara terminei um namoro de uns 5 anos a uns 3 anos atrás desse esse tempo sou um lobo solitário, e modéstia a parte fiz muita coisa saca?! E ficar com alguém nunca foi um problema para mim! Mas tô me achando meio carente ou besta por garotas e tipo nunca fui assim nesse tempo e não é uma em específico são todas que estou conversando ultimamente. Exemplo, passar o fim de semana vendo desenho e transando tipo full fofinho, saca?! Sei lá queria não sentir isso, tenho medo da porra de sofrer novamente e credo era meio deplorável meu estado que fiquei! Enfim acho que era isso se alguém tiver algum conselho ou comentário estou aberto.
Valeu!
submitted by seraollumor to desabafos [link] [comments]


2020.10.08 16:47 lozy_ae Como eu sei que não amo mais?

Eu estou pensativa a meses não sabendo exatamente o que fazer quanto a isso, eu namoro a quase 2 anos, meu namorado é bom, me trata bem cuida de mim e acho que não faz nada de errado. Mas a coisas que no passado quando nós nos conhecemos e coisas durante nosso namoro que eu não consigo esquecer, me marcaram muito e eu não consigo confiar nele e nem fazer certas coisas com ele pois eu simplesmente travo, eu sei que você não pode ficar olhando muito o passado pq o passado já foi mas acho que eu não consigo viver com isso ou me casar com esse sentimento dentro de mim.
Eu não sei se ainda o amo ou se estou confortável tentando esquecer de vez enquando esses sentimentos e pensamentos mas é algo que eu sei que nunca vou esquecer e nunca perdoa-lo. Eu comecei a namorar muito nova e eu nunca tive um relacionamento mais adulto, e agora que eu já sou adulta eu não me sinto em um relacionamento assim, por ele morar em outra cidade eu não consigo ver ele sempre e eu me sinto muito incomodada pedindo favores para meus pais de ir lá ver ele ou de levar ele de volta (meus pais não deixam eu dirigir na pista e meu namorado não tem carro pra vir), e nesses tempos de pandemia é pior ainda pq não tem nem ônibus pra ele vir. Meus pais são uns anjos eles nunca reclamam nem nada do tipo mas isso não é coisa que eles tem de fazer por mim e eu também não sei se quero mais passar por isso.
Tenho esses pensamentos sempre que vejo filmes ou leio coisas com temas românticos, sei que a vida não é um conto de fadas mas eu quero ser feliz, eu não quero viver com medo de ser traída e eu quero conseguir ter relações sexuais com a pessoa que eu amo e o maior eu quero confiar em alguém sei que não são todas as pessoas que são confiáveis e não podemos confiar 100% mas eu não quero viver de desconfiança, quero poder olhar pra pessoa e sentir que temos mais que amor..
Sei que eu posso parecer estúpida sendo que tenho um namorado bom comigo e que posso ficar tranquila mas não é assim, está sendo muito difícil e eu não sei o que fazer, estou pensando pq não quero me arrepender, não sei se tem um conselho óbvio ou uma atitude óbvia mas pra mim tá um labirinto que eu não sei como sair sem me machucar ou machucar o outro.
Obrigado quem leu esse textao :)
submitted by lozy_ae to desabafos [link] [comments]


2020.10.07 01:30 Emma_2703 N sei oq dizer exatamente

É só um draminha adolescente ent n precisam ligar k
Tinha um menino q eu nunca tinha conversado nem nada, mas de repente alguns amigos "nos apresentaram" e até q ficamos bem próximos, comecei a meio q gostar dele mas tudo normal né, só q ontem tive um sonho em que ele falava q sabia q eu gostava dele e q eu forçava d+ e tals, meio q me senti mal mas ok porém eu falei algo q o magoou, por mais q fosse um sonho me senti mal pq sou meio explosiva em brigas, e já falei coisas pra minha irmã q são meio q verdade mas de forma maldosa sabe, e fiquei realmente mal pq e se tipo eu realmente falar isso e magoa-lo, ou magoar outra pessoa da mesma forma? Sabe sei q é muito white girl problem mas n sei o q fazer. Fora q tenho medo q eu n goste realmente dele só esteja carente de afeto n só de namoro, mas de amizade ou familiar sabe? Alguém tem algum conselho? Ou qualquer coisa q ajude ? Me desculpa se te fiz perder tempo
submitted by Emma_2703 to desabafos [link] [comments]


2020.10.05 03:58 Agreeable-Shoe6951 Como ser uma boa esposa?

Eu sei que soa antiquado, porém isso me preocupa porque eu sempre fui criada com essa ideia de ser uma mulher forte e independente e não tenho boas referências da vida de um casal. Eu tenho essa parte da mulher moderna coberta já, mas isso não parece suficiente pra minha vida... eu sinto muita vontade de me dedicar a algo e alguém além de mim mesma, de construir uma casa harmoniosa e uma família.
Meu namorado me pediu em casamento, e eu sinto que vou finalmente realizar essa parte de mim... mas ao mesmo tempo eu me sinto muito despreparada, e eu não tenho com quem conversar sobre o assunto e a maioria dos conselhos genéricos que eu acho ou são a partir de um viés religioso ou mais críticos para essa vida tradicional. Eu queria um meio termo, e queria ouvir pessoas diversas.
Em geral, meu namoro é muito tranquilo, mas a gente tem alguns desentendimentos e eu sou muito ruim para me comunicar quando estou magoada. Isso é uma coisa que eu sei que eu preciso melhorar porque provavelmente isso tende a piorar morando junto com alguém. Mas eu penso em coisas sobre como lidar com a casa, a rotina, a individualidade de cada um.
Às vezes eu também sofro um pouco com síndrome da impostora porque eu acho meu namorado uma pessoa mil vezes melhor que eu, e eu fico preocupada com o que eu posso oferecer nessa equação.
Para quem é casado, quais são os pontos fortes e fracos do seu parceiro?
Para quem não é, como é seu parceiro ideal? Como seria a rotina e estrutura familiar perfeita de vocês?
submitted by Agreeable-Shoe6951 to desabafos [link] [comments]


2020.10.05 01:02 aesn18 Tô tentando seguir em frente

Já postei aqui sobre a minha dor emocional de alguns meses atrás. Meu namoro acabou por culpa minha e é a pior sensação que eu já senti na vida. Enfim, quem quiser ler sobre deve achar conferindo meu perfil. Agora cá estou eu, meses depois, ainda tendo que ouvir perguntas sobre ela e tentando aprender a fazer as coisas que faríamos juntos, dessa vez sozinho. Eu ainda não superei, claro, e nem queria. Eu ainda não consegui me perdoar. Só queria ela de volta. Não peço por conselhos, só queria ouvir a experiência de vcs que passaram por isso. Tá sendo um “luto” demorado e que parece não ter uma melhora.
submitted by aesn18 to desabafos [link] [comments]


2020.10.02 05:58 bs-arco_iris Estupro e tortura: relatório inédito do governo a personagem gay na Turma da Mônica

Peço perdão se o que eu tenho tipo 3 amigos gays, e eu não gostava de mim e pela primeira vez com um cara que eu nem era ativo sexualmente antes da quarentena. Perguntando porque eu já não tenho mais vontade de companhia. Olá, esse é o meu primeiro namoro, por isso estou aqui hj, pra pedir alguns conselhos.
submitted by bs-arco_iris to BrasilSimulator [link] [comments]


2020.10.01 07:12 AbuelitaJoe só digitando pra aliviar um pouco

uns dois meses atrás chamei uma guria aleatória que tava na minha lista de contatos pra conversar e, surpreendentemente, o papo desenrolou muito. o santo bateu. alguns dias dps a gente saiu pra se ver e ficamos.
desde ent a gente ficou bem casalzinho, grudado mesmo. ate q dia 14/09 pedi em namoro oficial. acontece que a gente se estressou com umas parada aleatória que não tinham nada a ver cm o relacionamento ai, terça agora ela terminou cmg.
na hr sla, nem dei muita bola, a ficha n tinha caido sei la. ai essa noite bateu forte o "puta merda eu tava gostando mesmo dela" e mandei algumas msgs
nada de resposta. abri o insta agr a pouco, dps de varias horas esperando alguma coisa e vejo um stts dela na casa de um outro cara, sendo q ela disse que queria passar uns dias sozinha
sei la, não quero nem conselho só to mal malzao
foda ne /b/
submitted by AbuelitaJoe to desabafos [link] [comments]


2020.09.25 14:10 sadkidsthrowaway Minha vida tá indo pra vala desde que minha ex terminou comigo.

Sim, eu sei que parece uma coisa besta e que é só eu esperar que uma hora passa, mas eu tô cansado disso. Não necessariamente eu quero conselhos, só quero expressar isso de algum jeito. Tem tanta coisa contribuindo pra eu me sentir dessa forma, e o pivô da situação toda é, como diz no título, a ex. Eu namorei com ela por 4 anos, e foi o período mais crucial pra minha vida, o começo da vida "adulta", dos 18 aos 22 anos.
Nesse tempo eu comecei faculdade, fiz amigos lá e nossos circulos sociais se mesclaram ao longo do tempo. Apesar disso, ela sendo a extrovertida e eu o intro, quando acabou o namoro meus amigos (que ultimamente venho cada vez mais achando que não eram tão amigos assim) ficaram mais pro lado dela (quase não tenho mais contato) e os amigos dela, obviamente nem lembram mais da minha existência. Ninguém é obrigado a ser meu amigo, sabe? Não tô chorando por isso, só que é uma coisa que me entristece inevitavelmente, eu já passei por coisa pra caralho em decorrência desse término e ter amigos que estivessem lá pra mim seria muito útil, porém foi mais ou menos o contrário. E agora com a pandemia, então... Fudeu de vez. Na faculdade eu não tenho mais a mínima motivação de continuar, já estou quase jubilando e mal compareço às poucas aulas que ainda tenho. Acho que não cabe aqui os pormenores de como se deu meu término com ela, porém foi daqueles casos onde um lado é pego de surpresa e o outro já tava com outra vida engatilhada, sabe? She didn't miss a beat. Didn't look back once. E isso é uma das coisas que me faz não conseguir passar por cima disso completamente, até hoje, muito tempo depois do acontecido, eu ainda lembro todo santo dia; e toda vez que lembro sinto que não tenho valor algum. Desculpa pra quem tiver lendo se isso aqui tiver sem estrutura nenhuma, eu realmente não estou pensando muito pra escrever, só estou botando pra fora aqui já que não tenho mais amigos pra me escutarem. Eu odeio o fato dela ainda ter espaço na minha mente depois de todo esse tempo, até porque eu não sinto saudade dela especificamente, depois dos fatos relacionados ao término eu não voltaria com ela nem se tivesse oportunidade, mas as cicatrizes não me deixam esquecer.
submitted by sadkidsthrowaway to desabafos [link] [comments]


2020.09.18 10:52 TiaSayu Ajuda para aqueles que tem ansiedade...

Yo mina, Daijobu deska? *ೃ˚
Hoje falarei sobre um tema que me atormenta assim com muitas pessoas diariamente. Espero que esse texto ajude alguém que nessa pandemia, anda sofrendo com o dobro das reações desse distúrbio.
AVISO: Se caso você sofre com este problema e níveis descontrolados POR FAVOR, procure por profissionais para se auto-ajudar. Não tente sobre HIPÓTESE alguma tomar medicamentos por conta própria e nem usar métodos não convencionais. Sempre consulte o seu psiquiatra ou médico sobre suas dúvida, e se cuide da maneira correta.
Bilhetinho: Espero com que este texto seja fonte de muito apoio para aqueles que sofrem disto, um guia para aqueles que querem ajudar alguém que sofre. Espero que, de alguma maneira, posso ter sido útil na vida de alguém e ter alegrado o seu dia ♥
Vamos para o textinho︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶
Bom... Para aqueles que desconhecem a ansiedade é algo comum e todos estão sujeitos a senti-la. No entanto, a ansiedade é uma doença subjacente (Que não se manisfesta claramente) somente quando os sentimentos se tornam excessivos, obsessivos e interferirem na vida cotidiana da pessoa, em resumo: ''A Ansiedade é um termo geral para vários distúrbios que causam nervosismo, medo, apreensão e preocupação exagerada. ''
A ansiedade que estou citando é mais do que o comum do qual estamos habituados. Está além da empolgação de ir se apresentar em uma entrevista de emprego ou comparecer no primeiro encontro; Tal circunstância pode se agravar com traumas ou com problemas persistentes na vida de alguém, e os sintomas são duradouros e limitadores, o que atrapalham a vida desta pessoa.
Os principais sintomas que podem acontecer são:
Para ajudar ou se auto-ajudar, é necessário entender esses pontos e procurar conversar ou se entender. Procurar as fontes e raízes desta ansiedade e tentar muda-las para amenizar os efeitos. E é para isto que existem os profissionais e pessoas que podem te dar esse suporte durante uma crise.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos importantes:;
Para aqueles que querem ajudar alguém que sofre com isto, é necessário entender algumas coisas cruciais... E entender em si o que é a Ansiedade e os seus tipos.
1- A coisa mais importante é se ter PACIÊNCIA.~ A pessoa já está sofrendo com diversos pensamentos a mil por hora, mal conseguindo conter as próprias emoções e atos. Tenha cautela ao se referir e agir, qualquer erro pode dar a entender que a pessoa afetada só está incomodando e atrapalhando a vida dos outros (E vai por mim, isso vai piorar em 1000%)
Tente conversar, ajude-a se acalmar, converter os pensamentos negativos. Incentive fazer algo divertido ou diferente, algo que vá distrai-la e alegra-la. Dê amor, carinho e seja compreensivo. Evite Julgar, apontar erros e defeitos.

2- Seja compreensivo.~ Tenha em mente de que aquela pessoa que sofre de ansiedade, não tem controle sobre os próprios pensamentos e emoções. Evite fazer mistério e joguinhos de adivinhação, assim como botar medo ou pressão. Além de ser algo completamente irritante para qualquer um, para um ansioso ele ficará bem mal e aflito. Ex:;
'' Preciso te contar algo, mas só posso contar amanha'' ou ''Estamos atrasados. Se apresse!''
Faça isso e é uma noite que você rouba desta pessoa. Enquanto a você dorme tranquila, o ansioso fica acordado, pensando em tudo que é possível e o impossível para adivinhar o tema do assunto ou se cobrando por ter feito melhor.Então por favor, não faça estas brincadeiras de mal gosto, prometendo e adiando coisas, isso faz um mal que só o ansioso entende.Entenda que nossa cabeça funciona a mil por hora, diferente das demais pessoas:Ex:;
Pessoa normal: ''Ata certo, tenho que fazer isto e pronto..''
Ansioso: Tá eu tenho que fazer isso... Perai, será que eu desliguei o gás? ESSA NÃO, SE A CASA EXPLODIR VAI SER MINHA CULPA, PESSOAS VÃO MORRER E A CULPA SERÁ MINHA. Mas.... Será que eu tranquei a porta?... E SE ALGUÉM INVADIR MINHA CASA E FAZER TAL COISA.
(Vai por mim, isso não vai acabar tão cedo. Então por favor, tenha consciência)

3- NUNCA, SOBRE HIPÓTESE NENHUMA, JULGUE. EVITE TOTALMENTE DAR TRANCOS: Como dito, a sensação de estar incomodando é constante. Pensamos que a pessoa nos abandonará, ou que estamos fazendo mal a ela ou atrapalhando a vida dela, nos sentimos inferiores e sempre estamos nos menosprezando. Há casos que até mesmo, o ansioso termina um relacionamento bacana apenas por pensar que ele é incapaz, que o seu conjunge não o(a) suporta e nem gosta dele(a).
E realmente, há pessoas que julgam.Falam que somos muito complicados, que estamos fazendo drama ou teatro, nos evitam para não ter alguém ''enchendo o saco'', e que nos afastamos por ser pessoas ''falsas''. Houve até comentários na minha vida, de pessoas aconselharem a opção de término de um namoro, pois deduziam que a menina estava distante, que ela estava traindo e estava sendo seca de proposito.
NÃO! Nos isolamos e nos afastamos por achar exatamente que estamos fazendo algum tipo de male. Jamais julgue ou se deixe elevar por opiniões alheias. Tente conversar e entender, não vá se precipitando. No final, se caso isso tenha força, só sofreremos ainda mais.
4- Ouça mais e seja sincero: Se a pessoa finalmente conseguir desabafar, a escute até o fim. E se ela hesitar por medo ou insegurança, acalme-a e prossiga. Na maioria das vezes, elas só querem ser ouvidas e não receber conselhos (A não ser que ele(a) peça). E o mais importante, não finja falsa sinceridade, não dê essa expectativa falsa, além de ser uma ato bem babaca, isso só mostra que no fim, você não estava preocupado e nem interessado em ajudar de fato, que só fez por mera educação.
5- Convide-o(a) para dar uma volta: Se possível no momento, convide-o para uma volta. Caso a pessoa aceite, converse e tente distrai-la e acalma-la, fazer atividades talvez, fazer alguma coisa bacana. Gastar a energia em uma caminhada ajuda bastante (Bom, pelo o menos para mim ajuda)
6- NUNCA, JAMAIS OFEREÇA BEBIDAS ALCOÓLICAS: É serio, em crises a pessoa pode associar a bebida como um escape. AI meu filho, ficará difícil faze-la abandonar.
7- E por ultimo. Não diminua isto: Ansiedade é algo que precisa de atenção, assim como a depressão. É algo que afeta a vida de alguém de forma profunda, sendo motivo de vários suicídios e problemas graves nas famílias. Não a trate como algo banal e sem importância, é algo que precisa de atenção e empatia.
︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀
Conselhos para aqueles que Tem a ansiedade e querem uma mãozinha para amenizar os efeitos ♥
1- Pratique alguma atividade física.Dança, artes marciais, ginastica... Qualquer coisa! Isso, além de dar uma animada e fazer bem para a saúde, ajuda a distrair a mente e ''descontar o estresse''. É um ótimo incentivo.
2- Meditação: Se é algo que me ajudou muito nas minhas crises, é a meditação. Ouvir uma musica calma, controlar a respiração, fechar os olhos e relaxar o corpo. É uma boa pedida e AJUDA muito numa crise.
3- Ouvir musicas favoritas: Como uma ansioso precisa descontar sua energia, desconte dançando ou curtindo uma musica de preferência. Isso ajuda e MUITO, nem que seja necessário repetir a musica diversas vezes ou cantar junto.
4- Mantenha uma alimentação top: Sim, até a comida influência. Evite comidas muito gordurosas em certos horários do dia. Os hormônios podem ser nossos inimigos após alimentação.
5- Desconte em seus Hobbies ou descubra novos Hobbies: Nada melhor do que fazer o que a gente gosta, nestes momentos o Faça! Isso pode ajudar durante uma crise e vai distrair sua mente para focar neste Hobby.
6- Pense ao contrario de tudo!: Se realmente está difícil de suportar a crise e nada está ajudando, Alimente boas sensações. De todos os pensamentos negativos converta para os bons. Ex:;
"'Droga eu teria conseguido se eu tivesse feito tal coisa... Não, eu dei o meu melhor e sei que estão orgulhosos de mim. Vou me esforçar mais para que na próxima eu não comenta o mesmo erro. ''
''Ain... Ela falou tão mal de mim... Por que? O que eu fiz?... Não! Há pessoas que me ama do jeitinho que eu sou, e se essas pessoas que são importantes para mim me amam pelo o que eu sou e amam minha aparência, então eu acredito nelas e que se dane o resto!.
Isso é psicológico, não e deixe levar pelos os próprios julgamentos e não se castigue! ♥
7- Procure se amar e se auto entender, reconheça que todos podem errar, e que errar não é algo ruim. Aprender com os erros é melhor do que aprender com os acertos. Se caso você errar com alguma coisa, não se abale! Se valorize e reconheça que você é incrível e que há pessoas que adoram o eu jeitinho.︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶︶ °・❀

Minha experiencia: Sofro de ansiedade, fruto por parte da minha mãe e traumas vindo da época do fundamental/colegial. Meus dias são difíceis e parecem somente piorar. Minha crises são graves e preciso de ajuda na maioria das vezes, tomo medicamentos para ajudar nos sintomas que, muitas vezes, funciona. O sentimento de angustia é algo que realmente machuca, algo que não me dá paz e me faz ter pânico quase por três dias inteiros.
Quando meu namorado está comigo, me ajudando e me dando suporte e amor é algo muito bom. Me sinto muito bem e sinto que melhoro e evoluo demais a cada crise, é importante entender a existência dessas pessoas na nossa vida e de como isso ajuda a evoluir nosso ser. Já fui muito julgada, abandonada, criticada e realmente, são coisas que apenas pioram minha vida. Mas sigo lutando e espero ajudar outras pessoas como eu o aquelas que tem a boa intenção de ajudar estas pessoas.
Enfim, espero que tenham gostado e ter realmente ajudado alguém ♥
submitted by TiaSayu to desabafos [link] [comments]


2020.09.17 08:19 k6vEIsy4d3 Processo por união estável

Olá! Alguém poderia me dar pelo menos uma idéia sobre isso: fui ameaçado pela minha ex namorada de ser processado por união estável, o valor que ela está pedindo é metade do meu carro e do meu apartamento que eu comprei sozinho, porém após namorar com ela.
Minha dúvida é, seria melhor eu vender meus bens e pagá-la pra evitar passar pelo processo, ou seria mais prudente aguardar ela me processar de fato? Isso poderia sair mais caro?
Pra dar mais contexto, namoramos 4 anos e meio, nunca moramos juntos, não tivemos filhos, nunca tivemos conta conjunta, ela não foi beneficiária de nenhum seguro meu, nem dependente de convênio, ou nada do tipo. O único tipo de documento que ela pode fornecer no processo são extratos de transferencias bancárias que fiz pra ela, no decorrer do namoro.
Não sei se isso tem valor judicial, mas também fui traído por ela no segundo ano de namoro, porém não tenho provas comigo.

Agradeço muito qualquer conselho! Obrigado
submitted by k6vEIsy4d3 to ConselhosLegais [link] [comments]


2020.09.16 02:56 fcost9 Há um ano atrás tudo era diferente.

Já parou para pensar como tudo muda de um ano para o outro?
Comigo não foi diferente, lembro exatamente de tudo do ano anterior. Estava vivendo um dos melhores anos da minha vida.
Estava namorando com a mulher que eu nunca senti tamanha paixão parecida, daquelas que você chora de felicidade e sem explicação, aquele relacionamento que você sentia tudo diferente ao estar com a pessoa, e que com o seu abraço você literalmente se desconectava e ia para longe. O relacionamento que todo cara gostaria de ter, literalmente assim como o Chorão do CBjr descreveu a mulher na letra de 'Ela vai voltar'.
Além do meu namoro, da família que pude conhecer por parte da minha ex, que por sinal todos me colheram super bem, e fiz deles a minha família também. Pois eu passava um final de semana inteiro com as suas presenças.
Eu tinha também um grupo de amigos com um projeto entre nós muito legal, todos eramos bem unidos. Planejávamos o futuro como crianças na espera do coelho da páscoa ou do papai noel, todos ansiosos por cada passo que poderíamos dar.
Por fora tudo estava fluindo da melhor maneira de todos os tempos, mas por dentro da minha cabeça uma guerra sem fim acontecia. Uma mistura de sentimentos sem respostas, atitudes sem motivos, coisas que eu fazia que após de muito tempo eu me perguntei 'por que eu tive essa atitude?' 'por que eu fiz tudo da maneira mais difícil?' 'por que eu não falei a verdade sobre o que eu fiz antes e preferi mentir?' 'por que eu me confortava com uma atitude que não correspondia com o que realmente aconteceu?'
E de um ano para cá sem procurar ajuda eu perdi tudo e estou recomeçando do zero, como se eu chegasse em uma cidade nova e não conhecesse ninguém ao meu redor.
Esse post é tanto um desabafo quanto um toque para quem esteja passando pelo mesmo problema, problema no qual você faz tal coisa e nem sabe porque fez aquilo. Por que você preferiu mentir do que dizer a verdade.
Portanto, por mais difícil que seja para você, quanto foi para mim acreditar que algo de errado esteja acontecendo, pare e pense, e não deixe para procurar ajuda depois, depois de perder tudo. Procure ajuda psicológica, se cuide, valorize-se e também valorize quem está ao seu redor. Ame, mas também se ame, se cuide e não cometam o mesmo erro que eu tive por teimosia minha ao achar que não era nada.
Não digam não ou mintam caso esteja tudo bem, pois no fim não está. E principalmente não recusem conselhos de quem sabe o que está acontecendo.
Sejam felizes e acima de tudo sejam psicologicamente saudáveis.
submitted by fcost9 to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 22:45 ShutMeUpAndLtMeFckYu Acabei meu namoro.

EaE.
Não sou muito de postar coisa no reddit mas nessa merd* de pandemia não tenho ninguém com quem falar então vamos tentar a internet.
Terminei meu namoro quarta passada, tenho 19 ela tinha 27. Terminamos por um motivo sério ou idiota, sinceramente estou me sentindo muito sozinho então começo a questionar se oq eu fiz foi certo ou não, ela é faixa preta em uma arma marcial ou defesa pessoal ( n sei direito) e eu sou aquele nerd que fica o dia todo jogando mmorpg enquanto come porcaria. Indo pro ocorrido estávamos numa brincadeira de cócegas e tal e dai do nada ela levanta e me segura pelo cabelo, não vou falar que ela puxou forte pra machucar saca mas foi aquelas brincadeiras de crianças que saiu do controle, ela é super infantil nesse expecto e sempre faz essas porra que eu não suporto. Não estava "machucando" mas eu falei pra ela parar pq tava começando a machucar (falei de forma seria pq a brincadeira acabou pra mim) e ela continuou e ficou braba achando que eu tava querendo me impor e falar "grosso", dai ela puxou mais forte e eu continuei falando pra ela parar, dai ela puxou forte e soltou. discutimos e eu falei pra ela pedir desculpas e ela disse que não ia e eu falei que ia ir embora e ela falou que era pra eu ir.
bom aqui estou jogando mmorpg o dia todo e me sentindo sozinho. eu estava acompanhando ela nos treinos dela, e ela disse que foi uma traição oq eu fiz. Não contei pra nenhum amigo meu isso, sempre me falaram pra terminar com ela pq ela era louca e tals mas né. ja recebi conselho de gringo parceiro do mmo pra eu terminar e n terminei, pra mim essa foi a gota de agua e eu terminei.
sempre saio como o errado nas discussões e isso ja ficou doutrinado na minha cabeça, era uma merda. eu deveria estar agradecendo. sei lá. só quero apoio eu acho
submitted by ShutMeUpAndLtMeFckYu to desabafos [link] [comments]


2020.09.14 13:44 JustCallMeLyraM8 GT DA BROTHERAGEM

GT DA BROTHERAGEM
/cc/
>eu tenho um amigo bem próximo
>amigo não
>ele é tipo um irmão
>amo aquele filho da puta
>vamos chamar ele de Maicão
>nos conhecemos no jardim da infância
>dividíamos o todynho e o biscoito passatempo no recreio
>bolachaéocaraio.mp3
>estudamos na mesma turma até a quinta série quando os pais dele se mudaram pra longe da escola
>ele continuava morando na mesma cidade, mas tava numa escola diferente
>ainda assim nos víamos todos os fins de semana
>nossas famílias se tornaram amigas também
>tudo era um mar de rosas até o final de 2004
>ano 2005
>entra uma aluna nova na minha turma
>o nome dela era Thais
>lembro como se fosse ontem do momento em que ela entrou na sala
>tudo parecia ter ficado em câmera lenta
>o sol batia nela
>o ventilador soprou seus cabelos
>ela marchava como uma égua manga larga do trote formoso
>paudureci naquele exato momento
>o foda é que eu tava em pé naquela hora e a primeira aula era de educação física
>short.gif
>todo mundo da sala começa a rir de mim e a gritar
>me chamaram de pau retrátil porque foi só a menina aparecer que ele subiu
>morri de vergonha naquela hora
>sentei na cadeira e pus a mochila no meu colo
>eu só queria sumir
>até a professora riu
>mas a Thais não
>ela sentou atrás de mim e disse pra eu não ligar pra eles e que eu ficava lindo com vergonha
>caraio vei não pude acreditar
>eu era tão tímido que pedi pra ir no banheiro na mesma hora e fiquei trancado lá até a hora do recreio
>quando o recreio chegou eu pus o dedo na goela na frente da sala dos professores
>acho que vomitei até meu intestino naquela hora
>comecei a dizer que tava passando mal
>os professores me liberaram da escola e fui pra casa mais cedo
>chego em casa e passo a tarde toda tendo fantasias masturbatórias com a Thais
>eu era tão beta quanto aqueles peixes de briga
>quando a noite chega eu corro pra casa do Maicão
>conto tudo pra ele feliz da vida
>Maicão fica feliz por mim
>brodagem.rar
>segue o jogo
>durante o resto do ano eu iria me aproximar cada vez mais da Thais e me afastar cada vez do Maicão
>ele dizia que ela tava me afastando dele mas eu discordava
>dizia que era coisa da cabeça dele
>o tempo passa
>a Thais é promovida à pitanguinha e a distância entre mim e meu brother ia aumentando cada vez mais
>um dia briguei feio com o Maicão quando ele disse que ela tava cmg só por conta do meu dinheiro
>eu não era rico, mas da escola eu era o mais bem de vida
>meu pai era o único que não tava preso e não trabalhava com drogas
>minha mãe não trabalhava na zona
>zoas ela trabalhava sim
>ela agenciava a tua mãe, aquela puta boqueteira
>zoas de novo, minha mãe era artista plástica
>um dia eu acabo falando pra Thais que o Maicão tava se sentindo escanteado
>ela começa a me dizer que era inveja do nosso relacionamento e que ele só queria nos separar
>acabo dando ouvidos a ela e brigando feio com ele
>putaquepariuqueburrice
>nunca devia ter dado ouvidos à ela
>foco no gt
>paro de falar com o Maicão e cada vez mais me entrego pra a Thais
>toda semana era cinema
>lanche na Mc Donald’s
>roupa na Marisa
>minha mesada começou a ser exclusivamente dela
>um belo dia recebo uma mensagem do Maicão dizendo que a Thais tava me traindo
>respondi mandando ele tomar no cu
>ja faziam uns 5 meses que eu não falava com ele e do nothing ele vinha com um papo desses
>ele disse que eu devia ficar atento aos sinais
>não dou a foda pro que ele diz e continuo o namoro
>na semana seguinte vejo ela com uma marca roxa no pescoço
>ela diz que tinha caído da escada
>eu disse que acreditei mas fiquei desconfiado
>nada me tirava da cabeça oq o Maicão tinha me dito
>procuro ele e conto oq aconteceu
>diferente de mim ele não era um filho da puta
>Maicão me ove e depois me conta tudo que sabia
>a Thais tinha vindo da escola em que ele estudava
>ela era conhecida como viúva negra na escola
>ela se prendia à um macho e sugava tudo dele até ele não ter mais nada
>sim, ela tmb sugava o pau
>não, ela não tinha sugado o meu ainda
>Maicão continua a história dizendo que tinha visto ela saindo da casa de um carinha que morava no mesmo bairro dele
>até aí não vi nada demais
>mas ele me disse que ela tinha dado um beijo na boca do cara na saída e quando virou de costas o cara deu um tapa na bunda dela
>ÉOQ?!
>aquela vadia não tinha nem sequer me deixado pegar na bunda dela ainda
>dizia que era só depois do casamento
>eu era beta betoso full +15
>ela me levava pra igreja todo domingo
>acreditava nela sem questionar
>caio no choro e o Maicão me consolou
>disse que eu não tava sendo um bom amigo mas que ele nunca deixou de me ter como irmão
>bolamos desmascarar ela juntos
>ela ia pra casa dele toda sexta de noite
>realizo que era a hora que a mãe dela saía de casa pra ir pro culto de oração da igreja
>caraio_como_sou_burro.jpeg
>chifre.rar
>no dia seguinte falo com a Thais como se nada tivesse acontecido
>ela diz que me ama
>digo que amo ela tmb
>caraio, eu queria matar ela ali naquela hora
>mas amava aquela desgraçada
>feelsbad.png
>sexta feira
>19h
>tava com o Maicão escondido na rua da casa dela
>avistamos a mãe dela saindo de casa
>corremos pra mãe e contamos a história
>mãe não acredita, mas topa ir com agnt até a casa do talarico
>19:30h
>Thais sai de casa com um short enfiado no cu
>pqp pra quê enfiar tanto ssaporra?
>tava tão fundo que ela devia ta sentindo do gosto dele
>seguimos ela de longe
>a vadia entra na casa do moleque
>nessa hora a mãe dela já queria matar ela, mas eu fiz ela esperar
>entrei dando um chutão na porta da frente
>queria pegar ela com a boca na botija
>e consegui
>infelizmente a botija em questão era a rola do cara
>ela tava engolindo o pau daquele moleque com uma facilidade absurda
>nem sua mãe consegue engolir minha piroca tão fácil
>foco no gt
>Thais leva um susto tão grande na hora que morde o pau do cara
>num ato reflexo por conta da dor o cara da um murro na cara de Thais
>ela cai no chão
>a mãe dela comeca a bater nela com uma havaianas e depois começa a arrastar ela pelos cabelos pra fora de casa
>a Thais é arrastada pela rua até chegar em casa
>racho o bico com a cena como mil hienas comemorando a morte do Mufasa
>peço perdão pro Maicão pela cagada que fiz
>Maicão diz que fui um idiota, mas que era o irmão dele e que nada iria nos separar
>dois dias depois Thais chega na escola toda roxa
>tinha apanhado tanto que o conselho tutelar tirou a guarda dela da mãe
>ela chega perto e diz que quer falar CMG
>ignoro
>ela me puxa pelo braço, olha no meu olho e diz:
>como vc descobriu?
>digo que o Maicão me contou tudo
>ela diz que vai pra um orfanato hoje. Só foi na escola buscar sua transferência.
>Kkkkkjkkjjjk
>ela diz que eu posso rir agora, mas quem ri por último ri melhor. Disse também que nunca iria esquecer aquilo e que o Maicão iria pagar por ser x9
>puxo meu braço, dou as costas e vou embora
>ano 2016
>terminei a escola e faço faculdade
>Maicão faz o mesmo curso que eu e estudamos na mesma turma novamente
>full brothers +15
>desde o episódio com a Thais nunca mais tínhamos brigado
>trabalhávamos, tínhamos nossa independência
>tudo ia bem até recebermos o convite para uma festa que rolaria naquela noite
>eu e o Maicão dividiamos o apartamento agora
>o convite veio por baixo da porta dentro de um envelope
>open_bar.jpeg
>o envelope vinha com 2 pulseiras
>as pulseiras davam acesso à área vip da festa onde rolaria os alcoolismo
>ficamos relutante por um momento até abrirmos a carta
>a carta tava endereçada à mim e ao Maicão
>era uma letra de mulher
>não tinha muita informação só dizia que não deviamos perder a festa por nada e que lá tudo seria explicado
>não tinhamos nada à fazer então topamos
>22h
>party.time.jpeg
>logo de cara fomos recebidos por duas loiras peitudas que estavam de camisa branca
>ambas estavam dançando na entrada da festa enquanto se molhavam com uma mangueira
>séélococuzão.rar
>a festa tinha uma proporção de 4 depósitos para cada homem
>a cada dois homens, um era gay
>era tipo o plenário da câmara dos deputados só que ao contrário
>quando entramos no salão principal todo mundo virou pra a gente
>tipo aquela cena do universidade monstro
>as depósitos cochichavam entre elas
>pensamos que tinha algo errado conosco mas a vdd é que éramos os caras mais lindos dali
>na vdd nem éramos isso tudo, mas tínhamos rola e éramos heterossexuais
>feelsalpha.png
>fomos andando até a área vip
>a decoração da festa era cheia de fotos de uma depósito
>era uma ruiva 10/10
>a festa devia ser dela
>tive a impressão que ja tinha visto ela em algum lugar
>áreavip.gif
>a área vip era lotada de bebidas
>não tinha uma depósito abaixo de 8/10
>no buffet tinha camarão e lagosta
>mano do céu era a festa mais foda que eu ja tinha ido
>quando olho pro lado ta o Maicão atracado com uma mina
>dois minutos depois a mina larga ele e agarra outra mina
>ÉOQ?!
>aquilo tava parecendo um bacanal grego
>uma coisa no entanto me incomodava
>quem teria nos convidado?
>avisto a anfitriã da festa, aquela ruiva 10/10
>ela se aproxima de mim lentamente
>mano do céu, paudureci na hora
>só conseguia imaginar eu enfiando o pau tão fundo nela que quando eu terminasse ia ta na camada do pré-sal
>a calça aperta e ela percebe que estou preparado para o abate
>fico sem graça e tento disfarçar
>ela vem por trás de mim, ri e diz que eu fico lindo com vergonha
>gelei na hora
>caraio, era a Thais - pensei
>pergunto se ela era a Thais
>ela ri e me chama de idiota.
>diz que seu nome é Raquel
>caraio, ela nao tinha nada a ver com a Thais
>errei feio, errei rude
>pensei que tivesse estragado minha chance
>raciocinando com a destreza de um crackudo na fissura e digo:
>é porque thaislinda com essa roupa
>ela ri, eu rio, segue o jogo
>nessas horas eu nem sabia mais que existia um Maicão
>só pensava em mergulhar naquelas tetas magníficas
>na boa, se ela fosse minha mãe eu mamaria até hj
>quando olho pro lado o Maicão tava agarrado com duas ao mesmo tempo
>bodyshot.gif
>caraio o Maicão tava levando uma surra de peito na cara enquanto bebia e eu no 0x0
>me aproximo da ruiva já na maldade
>ela chega do meu lado
>põe a mão no meu ombro e fala na minha orelha direita:
>quem é esse teu amigo?
>poooooooooooorra.mp3
>o moleque ja tinha catado duas e agora ia catar a ruiva
>tive vontade de mandar ela se fuder, mas ele era meu brother, não podia prejudicar ele
>nenhuma depósito ficaria entre nós
>não deu nem 10 minutos do momento que disse o nome dele pra ela e ela ja tava agarrada nele
>a ruiva chupava a língua dele como se fosse o último picolé do verão
>avisto uma depósito 9/10 dançando sozinha
>penso em me aproximar, mas antes que eu chegue a ruiva puxa ela e põe na roda com o Maicão
>ja não entendia mais nada
>eu sempre pegava as depósitos +/10 do que ele e agora ele tava numa orgia de bocas e eu sem nada
>começo a beber
>realizo que ta na hora de baixar as expectativas
>avisto uma ananzinha 5/5 escorada no balcão
>me aproximo dela e pergunto se o pai dela era padeiro
>ela pergunta se era pq ela era um sonho
>eu digo que era pq eu queria comer a rosca dela
>sério que anã rabuda do carai
>a anã me dá um tapão e sai de perto
>vsf que festa merda do carai
>comecei a beber descontroladamente pra compensar a frustração
>dou em cima da garçonete
>a garçonete era uma trans
>ela me esnoba e vai embora
>vômito.rar
>caraio nem a mulher com rola me quis
>decido que hoje não é meu dia e que ta na hora de voltar pra casa
>procuro o Maicão pra ir embora cmg
>vejo ele entrando no carro com duas 1,5 depósitos
>pensei que ele tivesse indo pra um motel ou algo do tipo
>ele tava de mãos dadas com a ruiva e com a anã 5/5
>a ruiva olha pra mim, da uma risada e depois um xauzinho
>caraio que raiva daquela ruiva
>me esnobou e agora vai dar pro meu brother
>faço sinal pro Maicão que vou embora
>ele grita “Oklahoma”
>era nosso sinal secreto
>significava que ele ia realizar o ato de socação intra uterina e que eu não deveria incomoda-lo
>entendo o recado, dou meia volta e volto pra casa
>chegando em casa
>tudo girava por conta do álcool
>brinco um pouco com o o Visconde de Sabugosa até ele cuspir
>durmo
>no dia seguinte acordo com dor de cabeça, deitado no sofá
>percebo que tinham 537272717 chamadas não atendidas no meu celular
>todas do Maicão
>imagino todas as desgraças do mundo
>comeco a ligar de volta mas ele nao atende
>recebo uma ligação de um número desconhecido no meu celular
>é uma mulher
>ela ria descontroladamente
>disse que estava na festa o tempo todo me observando
>pergunta se a noite foi boa e se eu peguei alguém
>mando ela tomar no cu e digo que peguei a mãe dela
>ela racha o bico e diz que é impossível pq a mãe dela foi a primeira a pagar oq devia
>gelei na hora
>reconheci a voz
>era a Thais
>ela começa a contar seu plano do mal
>diz que foi parar num orfanato depois daquele episódio
>que apanhou muito da família onde foi parar mas a família era podre de rica
>a família produzia festas tipo o tomorrowland
>viajaram pra fora do país e levaram ela junto
>disse que por muito tempo quis se vingar mas a família não dava a foda
>dois meses atrás a família tinha morrido num acidente de carro e ela ficou como única herdeira
>ela pôs como meta de vida concluir a vingança que passou anos arquitetando
>disse que a festa foi planejada por ela
>que todas as depósitos da área vip foram contratadas por ela baseadas no meu tipo de mulher
>pergunta como me senti não pegando ngm e vendo o meu “amiguinho” catando todas
>respondo que a vingança dela era uma merda e que tava feliz pelo meu brother
>ela racha o bico e diz que a vingança dela não era me deixar sem pegar ngm
>ela queria se vingar dele por ele ter dedurado ela
>pergunto qual vingança há em encher a rola dele de depósito
>você verá - ela me disse
>desligo o espertofone e percebo que chegou uma mensagem do Maicão no oqueapp
>faz uma semana que o Maicão toma mais coquetel que o Amaury Jr.
pica relatada da mensagem
https://preview.redd.it/9o5g9y8ep3n51.jpg?width=1080&format=pjpg&auto=webp&s=3dbefd7c59d10e7b40b9168ddac79176762f8591
submitted by JustCallMeLyraM8 to gtsdezbarradez [link] [comments]


2020.09.12 22:14 WalitaPhilipps Estou sendo betado e não sei lidar com isso.

Eeee meus amigos, o dia finalmente chega, dps de 20 anos sendo um gordo fracassado e enfrentando uma puta depressão, eu consegui emagrecer, melhorar alguns hábitos e estou consideravelmente mais ''ok'' ainda me acho feio, porém sou um gordão musculoso e tenho a voz de um locutor de canal de igreja.
A fita é que agora, eu consegui desenrolar um ''web namoro'' com uma mina q eu to gostando muito, entretanto é meu ''primeiro rolo'' e to achando um saco ter q ficar puxando assunto ou ficar com medo de puxar assunto e estar incomodando a mesma.
O foda é que as vezes acho que essa mina q eu to conversando ta na verdade conversando com varios, porém pode ser apenas uma ataque de esquizofrenia feita pela minha cabeça. Ela ja disse que gosta muito de mim e me contou muita coisa (MT COISA MEMO MEUS QUERIDOS) e eu fiquei apegado a ela. Eu gosto dela, não sei flertar e sempre fica um clima moooornao pq eu sou cabaço, mas to tentando melhorar. Mas mesmo assim eu me sinto inseguro e não acho q ela goste de mim de facto.
Chegamos a betagem 2, 3 e mais algumas.
Vamo la, primeiro de tudo: NÃO SEREI UM FILHO DA PUTA COM NENHUMA, prezo muito o respeito e maturidade e me recusaria a fazer joguinhos fudidos ou deixar alguém mal de proposito, acho esse tipo de coisa bem infantil e vai contra minhas virtudes.
Porém, no facebook, eu sendo um cara relativamente engraçado e recentemente estou sendo ''betado'' por algumas minas e to achando isso muito estranho mano, tipo, eu era FEIO, IRMAO, FEEEEEEEEEEIO E GORDÃO, só recentemente quando dei uma puta emagrecida e ficando mais fortinho, vi que comecei a ser betado. Acho legal, alto estima sobe pra porra máááás eu n quero ficar em relacionamento por beleza ou alguma fita assim, sacas?! Eu realmente procuro pessoas da mesma vibe e sempre tento ser o maximo respeitoso e tal, não quero criar ressentimento com ninguém nem magoar ou brigar com alguém, tenho medo de relacionamentos justamente por sempre ter sido feio.
Eu sei que tem uma mina que ta gostando muito de mim e eu to com medo pq ja to ''quase'' nesse web namoro, então to tentando desviar o máximo possível disso, mas ta dificil amigos, realmente complicado kkkk.

Então amigos, após desabafar aqui, se alguém ja passou por isso e tiver alguma dica ou conselho, por favor, sou totalmente aberto!

Boa noite a todos!
submitted by WalitaPhilipps to desabafos [link] [comments]